Semana Mundial da Renda Básica – Bien India – 19º Congresso – 2019 – Entrevista com Philippe Van Parijs

Entrevista com Philippe Van Parijs – Congresso Mundial de Renda Básica, realizado em Hyderabad, na Índia
VÍDEO DA ENTREVISTA:

Philippe Van Parijs explica como a proposta de Renda Básica, na primeira reunião da Rede Européia de Renda Básica, em Louvain, em 1986, teve cerca de 40 participantes da Europa que consideravam possível ter a Renda Básica Universal nos países europeus. Mas muitas outras pessoas consideravam essas pessoas lunáticas. Com o tempo, a proposta começou a ganhar cada vez mais defensores em todo o mundo. No X Congresso Internacional, em Barcelona, a BIEN se tornou a Rede Mundial de Renda Básica. Desde 2016, a proposta de Renda Básica teve um tremendo impulso com o referendo na Suíça, um candidato presidencial na França que começou a argumentar a seu favor, experiências-piloto na Namíbia, Quênia, Finlândia, Índia, Coréia do Sul, Brasil e representantes do povo começaram a argumentar a favor da renda básica no México, Argentina, Alemanha, Áustria, Inglaterra, Escócia, Bélgica, Itália, Austrália, Nova Zelândia, Canadá, EUA, com candidatos presidenciais como Andrew Yang argumentando fortemente a favor da Renda Básica Universal. Philippe fala sobre a relevância da experiência muito bem-sucedida do Fundo Permanente e Renda Básica do Alasca desde o início dos anos 80 e faz comentários sobre como a experiência de Madhya Pradesh é uma iniciativa tão relevante para os países em desenvolvimento, enquanto a experiência da Finlândia é mais importante para os países desenvolvidos. Ele lembra suas visitas ao Brasil e dialoga com os presidentes Fernando Henrique Cardoso e Luiz Inácio Lula da Silva. Ele considera as notícias sobre Maricá uma excelente surpresa. Maricá, município do litoral do Estado do Rio de Janeiro, começou a fornecer uma renda básica para 1/3 de seus habitantes, de 130 mumbucas (dinheiro social aceito pelo comércio local) ou 130 reais por mês, e a partir de 2021, todos os mais de 153.000 habitantes receberão uma renda básica do cidadão.
Eduardo M. Suplicy – Co-presidente de honra do BIEN
Mônica Dallari – Jornalista

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *