!-- Facebook Pixel Code -->

Semana Mundial da Renda Básica – Bien India – 19º Congresso – 2019 – ENTREVISTA COM GUY STANDING

Entrevista com Guy Standing- Congresso Mundial de Renda Básica, realizado em Hyderabad, na Índia

Guy Standing, que também foi um dos fundadores da BIEN, em 1986, enfatiza como o pequeno grupo de entusiastas de Lovaina cresceu e se espalhou de forma extraordinária em todo o mundo. Pessoas que estimulam debates, livros acadêmicos, projetos de lei, projetos-pilotos em todos os continentes. Ele nos conta como foi convidado a estimular projetos-piloto na Índia, com a cooperação da UNESCO e da SEWA, Associação de Mulheres Autônomas. Primeiro em Dehli, onde as pessoas que recebiam assistência na forma de mercadorias decidiram recebê-la como uma renda básica, com resultados positivos. Mais tarde, em Madhya Pradesh, onde 6.000 pessoas das aldeias rurais receberam 300 rúpias por mês durante 18 meses. Os resultados foram comparados com 6.000 pessoas de outras aldeias semelhantes, onde nenhuma renda básica foi paga. Resultados muito positivos ocorreram em termos de nutrição, saúde, saneamento, presença de crianças e adolescentes na escola, principalmente meninas, maior grau de liberdade para as mulheres e assim por diante. Guy Standing faz paralelos com outros pilotos no Quênia, Ontário, Finlândia, Carolina do Norte, Stockton e seus resultados positivos. Ele também comenta sobre a importância de bens comuns, como a floresta amazônica, que é muito importante para toda a humanidade e não apenas para os brasileiros. Ele prevê que nos próximos cinco anos pelo menos um dos principais países instituirá uma Renda Básica Universal Incondicional. E daqui a dez anos, em muitos países, as pessoas perguntarão por que isso não aconteceu antes.
Eduardo M. Suplicy – Co-presidente de honra do BIEN
Mônica Dallari – Jornalista

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *